Artigos

4 razões para evitar o celular no volante

Embora a internet e todos os aplicativos que o aparelho móvel possuem estejam dominando o nosso cotidiano, é necessário esquecer a tecnologia em alguns momentos, especialmente no trânsito, pois o condutor precisa estar atento não só à forma como está dirigindo, mas também a forma como os outros motoristas e pedestres estão se comportando.

Caso contrário, uma simples ligação ou envio de SMS pode custar caro, já que, de acordo com algumas pesquisas, as chances de acidentes podem aumentar em 400%. Confira os motivos para você ter mais atenção no trânsito:

1. Multa para o condutor

O primeiro motivo que iremos destacar para você evitar dirigir ao celular está ligado diretamente ao seu bolso. No Brasil, o condutor que dirige falando ao celular — mesmo via fone ou viva-voz — é multado, além de ter pontos somados à Carteira Nacional de Habitação (CNH).

2. Dirigir ao celular é tão perigoso quanto a ingestão de álcool

Segundo uma pesquisa da instituição inglesa RAC Foundation, o envio de mensagens pelo smartphone é capaz de retardar o período de reação do condutor em 35%. Para você ter uma ideia, esse percentual é muito acima da demora provocada pelo álcool — que é de 12%. Já imaginou?

3. O motorista perde a visão 360º

Quando dirige ao celular, você perde a visão 360º que deve ter com a ajuda dos retrovisores e prejudica a sua atenção no trânsito. Isso acontece porque, ao usar o celular, o condutor fica com uma visão denominada tubular, isto é, só consegue visualizar o que está à sua frente.

4. Não vê os buracos na pista

Outra consequência de dirigir usando o celular é não enxergar com antecedência os buracos que estão na pista, as placas e outros imprevistos que surgem na via.

Normalmente, um condutor demora cerca de 2,5 segundos para começar a frear diante de um imprevisto na rodovia, quando o veículo está a velocidades entre 80 e 100km/h. Se o motorista está na cidade, o tempo de reação é menor: 0,75 segundos.

Em contrapartida, para digitar dois algarismos no celular, o motorista demora 2 segundos. Assim, geralmente, quando percebem o imprevisto, não há mais tempo para frear.

 

FONTE: MEUPORTOSEGURO.COM.BR

Sobre o Autor

Vitor Porser

Deixe um Comentário